sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Como economizar combustível!

 

Acelere e freie devagar. Quem acelera mais do que o necessário precisa frear de forma brusca com mais frequência. O pedal do acelerador controla o envio de combustível para o motor. E frear com calma permite aproveitar a inércia para retomar a velocidade.




Acompanhe o torque no painel de contagiros e consulte o manual do proprietário para saber o ponto certo da troca de marchas. Recomenda-se a mudança em torno dos 2 mil giros, ainda na faixa baixa. A média deve ser usada apenas em ultrapassagens e a alta deve ser evitada, pois desgasta o motor.



Nunca desça na banguela. Além de ser muito mais seguro descer uma ladeira com o carro engrenado, o sistema de freios fica sobrecarregado quando o câmbio não está funcionando – e toda sobrecarga demanda combustível extra.

Andar na reserva leva os resíduos do fundo do tanque de combustível para o motor. Eles vão parar nos bicos injetores, que ficam entupidos. Mas encher o tanque demais também não é bom: o jato final que o frentista oferece, depois que o gatilho da bomba de abastecimento desarmou, costuma vazar.



Quem faz a calibragem uma vez por semana pode consumir até 20% menos combustível. Isso porque a resistência do rolamento provocada pelos pneus baixos força o motor. O mesmo vale para o alinhamento das rodas, que deve ser conferido, no mínimo, uma vez ao ano.



Acompanhe o nível de óleo, pois lubrificante vencido é como alimentação insuficiente: o motor não para de funcionar, mas o faz com mais dificuldade. E lembre-se que quanto maior a viscosidade, mais força a bomba de óleo precisa fazer. Produtos menos viscosos também diminuem a emissão de poluentes.




Não crie obstáculos. Afinal, qualquer acessório extra, como os bagageiros de teto, aumenta a resistência do ar e obriga o motor a trabalhar mais. Pelo mesmo motivo, quando estiver acima de 80 quilômetros por hora, evite dirigir com as janelas abertas.




Quando parado ao sol, o carro fica quente como uma estufa, e vai ser preciso acionar o ar-condicionado por mais tempo para normalizar a temperatura. O truque aqui é rodar um pouco com os vidros abertos, em baixa velocidade, para o ar circular. Só depois ligue o sistema 


Elimine o excesso de bagagem. Afinal, o consumo de combustível aumenta em 2% para cada 40 quilos de peso extra. Além disso, avalie se você comprou o carro certo: veículos pequenos e 1.0 podem não ser os mais econômicos para uma família de cinco pessoas

FONTE REVISTA CLAUDIA

Pesquisar este blog