sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Nossos Serviços!

Procura alguém para organizar sua Casa, Escritório ou Empreendimento?Então você encontrou.Prazer somos AG Personal Organizer!Porto Alegre. (51) 981185565





sexta-feira, 1 de setembro de 2017

O Vinho e sua Taça!






Você pode até não saber (e muitos não sabem mesmo, então não se preocupe), mas escolher a taça certa para cada tipo de vinho é uma tarefa importante e, nem sempre, tão fácil. Nós sempre dizemos que isso não deve ser um impedimento para você tomar o seu vinho ou começar a entrar nesse universo tão amplo e gostoso, mas, de todo modo, reconhecemos a importância dos estudos e avanços das taças.


Assim como há uma enorme diversidade de vinhos no mundo, existe uma variedade significante de taças no mercado. A escolha para um vinho específico não é apenas uma questão de etiqueta ou convenção – se feita de maneira correta, ela irá realçar as principais características da bebida (e isso é fato consumado!) -. Cor, aroma, sabor: tudo isso se torna mais vivo, aguçando ainda mais os sentidos dos apreciadores da bebida dos deuses.


Mas a 
evolução das taças 
se deu de forma lenta até bem pouco tempo atrás, sem muitas mudanças no seu design, que obedecia apenas sua utilidade prática de beber.


As pessoas realmente não davam importância ao significado que a taça poderia ter na degustação do vinho. Somente no século 20, com os avanços tecnológicos e os estudos científicos na área, descobriu-se que, não somente o formato, como também o material com que cada taça é fabricada, influencia na percepção do vinho. Ainda assim, em alguns países da Europa, como França e Itália, os bistrôs e cantinas servem vinhos em taças simples, que mais se assemelham a um copo com uma haste curtinha. Especialmente os “vin de pay” ou os “vino di tavola” são servidos assim. Uma questão cultural, apenas.


Talvez você já saiba que os gostos específicos (doce, salgado, amargo, etc.) são sentidos por papilas gustativas de diferentes localizações no mapa da nossa língua. Assim, especialistas baseiam as confecções das taças de modo a fazer com que seu formato conduza o vinho ao lugar exato na boca onde suas características principais, como acidez, doçura e sabores, serão melhor apreciadas.




Mapa da língua indicando áreas sensoriais dos gostos:


Outros fatores são importantes para potencializar as qualidades da bebida na sua apreciação. Para não alterar a temperatura ideal de serviço do vinho, por exemplo, é necessário que a taça tenha hastes longas, para que se possa segurá-la sem que haja o contato com o bojo. Falando nele, quanto mais aberto, mais realça os aromas. No caso dos espumantes, o formato longo favorece a visualização de suas bolhas e a apreciação de seus aromas que são levados às extremidades com a ajuda das borbulhas.





Existe uma taça “curinga” no mercado, feita com padrão internacional (ISO) para degustações técnicas, serve para apreciar todo tipo de vinho.


Não se pode perder de vista, contudo, que a experiência da degustação do vinho é particular, não sendo necessário que você tenha uma centena de taças diferentes para poder apreciar um bom vinho. É preciso, sim, entender que essas taças, se bem escolhidas, irão lhe conduzir a uma experiência gustativa mais sólida e prazerosa.


Taça "ISO"




Dito isto, é possível possuir uma variedade pequena de taças em casa e ainda assim experimentar diversos tipos de vinhos. Especialistas aconselham que apreciadores devam ter no mínimo 4 tipos básicos para que não se tenha grandes prejuízos na degustação dos diferentes vinhos existentes no mercado: duas com modelos grandes para tipos diferentes de tintos (Bordeaux e Borgonha), uma taça com tamanho médio para brancos e uma estreita e alta para espumantes.




Para vinhos tintos
Bordeaux

Taça grande feita para beber vinhos mais encorpados e com taninos mais acentuados. Com bojo largo, alongado e boca fechada para concentrar os aromas, evitando sua dispersão. Indicada para apreciar vinhos das uvas Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Syrah, Tannat, entre outras.
Borgonha

Taça arredondada, em formato balão, feita para vinhos concentrados e com menos taninos. Com bojo e boca largos, estimula a apreciação das qualidades mais arredondadas e maduras da bebida. Indicada para vinhos Pinot Noir, Barbera Barricato, Amarone, Nebbiolo, entre outras.

Para vinhos brancos

Taça de corpo médio feita para consumir vinhos em baixa temperatura. Com aba estreita, distribui o vinho de forma uniforme em todas as partes da língua, enfatizando seu frescor, doçura e acidez de maneira equilibrada.

Para espumantes

Taça fina com bojo alto e boca estreita (flute). Mantém as borbulhas por mais tempo, realça e direciona os aromas para o nariz, potencializando sua delicadeza e frescor.
Exemplos no nosso infográfico






Apreciem com moderação!!

Fonte: Clube dos Vinhos Vinitude

Adriani Gonçalves

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Inspiração para guardar Discos de Vinil!

Dica do Dia:


O Disco de Vinil é uma paixão para muitos, e cada vez mais existem novos adeptos em colecionar.
Mas o Disco de Vinil é de material delicado e precisa ser bem guardado para sua durabilidade e como muitos discos devem ser relíquias todo cuidado é pouco.
E convenhamos dão um charme na decoração da casa.
Segue abaixo imagens usadas pra guardar seus Discos.










Adriani Gonçalves
AG
Fonte Imagens Pinterest

terça-feira, 15 de agosto de 2017

7 Dicas de Organização de Despensas!

7 DICAS PARA ORGANIZAR A DESPENSA


Imagem Pinterest


Se está difícil encontrar os alimentos que você precisa, é hora de fazer algumas mudanças. E para ajudar também na economia doméstica, afinal a crise está aí
Veja dicas para deixar a despensa mais organizada e os produtos mais bem conservados



1 Primeiro passo
Tire os alimentos das prateleiras e jogue fora tudo que está vencido. Caso encontre alguma comida estragada ou com bichinhos, limpe a área com uma mistura de água e vinagre.


2 Divida em categorias
Separe as prateleiras da despensa em categorias de alimentos, como grãos, temperos, itens para café da manhã, óleos e ingredientes de confeitaria. Faça a divisão de acordo com suas necessidades. Depois de um tempo, você não precisará nem pensar qual é o lugar de cada coisa. Se quiser, coloque etiquetas para indicar o que vai em cada prateleira, para que as outras pessoas sigam a sua organização.

3 Enlatados e industrializados
As comidas em lata e em pacotes devem ser guardadas em área fresca. Nunca as coloque em armários próximos ao forno ou em prateleiras perto do teto.


4 Potes transparentes
Depois de abertos, guarde alimentos como biscoitos, batatinha frita, arroz e feijão em caixinhas de plástico transparente, para conseguir ver o que está no recipiente. Não se esqueça de anotar a data de validade no pote.

5 Novo no fundo
Sempre que comprar produtos novos, coloque-os no fundo, deixando os mais antigos na frente, facilitando o acesso.

6 Rótulos
Deixe as latas e garrafas com os rótulos virados para a frente. Parece bobo, mas essa simples mudança economizará muito do seu tempo.

7 Prateleiras profundas
Se as prateleiras da sua despensa são bem profundas, deixe os itens menos utilizados ou os que você possui em mais de uma unidade mais ao fundo.

Fonte: Livro Simple Steps to Organizing Everything, Donna Smallin

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

5 Dicas para Organizar Documentos!

Como organizar a papelada em 5 etapas - contas e documentos - Casinha Arrumada:

Por mais que estejamos na era digital, onde pagar contas fica a um clic, guardar documentos ainda é necessário. 
E para   manter tudo no lugar vou passar algumas dicas para facilitar o processo de uma forma funcional e prática na qual você possa encontrar e guardar.

Existem 5 etapas para organizar documentos:


  1. Reúna todos documentos e separe por categorias: Cartão de crédito, luz, água, etc.
  2. Descarte: alguns documentos tem prazo para serem guardados. Algumas concessionárias de serviços enviam a quitação de débitos ou você pode solicitar, sendo assim guarde apenas este comprovante e descarte os docs; 
  3. Separe os documentos em categorias e dentro destas categorias crie subpastas: Seguros – de carro, casa, vida, invalidez, médico;

    Finanças – contas bancárias, cartões de crédito, hipotecas, investimentos;

    Propriedades – recibos relativos à casa (reformas, decoração, objetos de valor), manuais e recibos de equipamentos eletroeletrônicos, documentos de compra de automóveis e recibos de oficinas, água, luz condomínio, telefonia, TV a cabo, etc.;

    Impostos – recibos do ano em curso e outros documentos relativos a taxas em geral;

    Registros médicos;

    Registros veterinários;
  4. Organize em pastas, caixas arquivos ou pastas sanfonadas;
  5. Contas à pagar: tenha um único lugar para estas contas, use uma bandeja, uma caixa ou pasta, assim você não perde os prazos;
Segue tabela de prazos dos documentos:

1 ano

♦ Contratos de seguro

♦ Canhotos do cartão de crédito

♦ Extratos bancários e dos cartões de crédito
5 anos

♦ Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF)

♦ Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU)

♦ Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)

♦ Comprovantes de pagamento de contas de água, luz, telefone e outros serviços essenciais

♦ Comprovantes de pagamento de aluguel

♦ Comprovantes de pagamento de cartões de crédito

♦ Comprovante de pagamento de mensalidades escolares

♦ Comprovante de pagamento de cursos livres
10 anos

♦ Declarações de quitação do pagamento de condomínio
Para sempre

♦ Documentos pessoais

♦ Certidões

♦ Passaportes

♦ Escrituras

♦ Carnês do INSS

♦ Hollerites

♦ Testamento


Como eu faço com meus documentos:

Para o ano vigente, tenho uma pasta com repartições para cada tipo de doc. Ex.: luz, água, cartão crédito, telefonia, etc.;
Já organizei por meses, deixava todos docs juntos do mês vigente, mas achei mais fácil separar como disse acima, depois grampeio e guardo;
No final do ano, coloco tudo em um envelope, identifico o ano e guardo em uma pasta de arquivo morto junto aos outros anos;
Para documentos importantes como certidões, seguros, etc., tenho uma pasta com repartição e identificada para cada documento.
Para as contas à pagar tenho uma prancheta que deixo no meu campo de visão, para não esquecer.

Não é muito difícil, só é necessário escolher um método que se torne eficiente.

Comece o ano organizado.

Adriani Gonçalves
AG 

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

2017.... Bem Vindo!!


Encerramos o ano de 2016 e iniciamos 2017 com o singelo sentimento de gratidão. 

Gratidão por nos permitirem entrar em seus lares, empresas, lojas e, mais do que isso, em suas vidas. E isso não tem preço! São sete anos de trabalho, fechando parcerias com pessoas incríveis e atendendo clientes melhores ainda. Com certeza, o propósito da AG Personal Organizer, desde a sua idealização, é entrar na vida de cada um e deixar sua marca; é saber que, após dias de trabalho, nossos clientes irão ter qualidade de vida e que nossas mãos auxiliaram para alcançar a plenitude.
Que 2017 venha acompanhado de muita organização na vida de todos e que seja ao lado da AG. 


Esses são os votos de Adriani Gonçalves e toda a sua equipe. 






quarta-feira, 9 de março de 2016

Como tirar mancha de Tinta de Cabelo em roupas!


Você já deve ter passado por esta situação, mesmo em casa, com todo cuidado ainda assim ocorre aquele acidente que acaba manchando sua roupa ou toalha.
Mas,  há dicas caseiras que ajudam a resolver este problema.

Confere:

Se você lavou ou guardou uma toalha ou outra peça de roupa com mancha de tintura e já secou, será mais difícil removê-la. 
Em peças brancas você pode usar gotinhas do ácido oxálico (conhecido comercialmente como Semorin) e esfregar (mas use luvas). Enxague a peça rapidamente.

Mas se a mancha ainda estiver fresca isso será possível com três ingredientes que geralmente temos em casa ou nos salões de beleza:
  • Spray de Cabelo: molhe (sature bem) a mancha com o produto. Continue borrifando até a mancha ficar bem coberta e então pressione com um pano úmido (não esfregue). Repita o procedimento até que a mancha comece a se separar do tecido. Na falta deste, passe um desodorante em spray (não os de válvula) sobre a mancha.

  • Água Oxigenada: despeje o produto na mancha e esfregue-a com uma escova de dentes, em linhas retas, nunca em círculos para não espalhar mais a tinta. Passe um pano seco e em seguida lave a peça.

  • Independente da peça que estava manchada, se roupa ou toalha, coloque-a na máquina de lavar, adicione sabão em pó, e de preferência, acrescente o Pó Clareador para Roupas Brancas e Coloridas. Programe a máquina em um ciclo quente. 
Ficam as dicas!

Deixe sua dica.
Beijos 
Adriani Gonçalves

Fonte: Dicas Org

terça-feira, 8 de março de 2016

A Mulher Maravilha que reflete no meu espelho!!


Adriani Gonçalves

Sempre desejei ser a  Mulher Maravilha!!
Perfeita em tudo, forma e curvas.. 
Forte, determinada, destemida...
Mas....
Não me enxergo assim no reflexo do meu espelho.. 
Poderia ser melhor do que estou hoje, ahhh poderia!
Mas, aí chego a conclusão que posso ver muito mais que um esteriótipo de mulher
então olho com profundidade, procuro sentir o reflexo da minha alma, só então e somente então enxergo além..
Vejo uma mulher, que no auge dos seus 45 anos, travou batalhas incríveis, venceu preconceitos, culturas, criação, bullying, desamores, rejeição, abandono, perdas, traições, decepções, etc., 
Mas, acreditem, permaneço em pé.. me reergui de tudo, comecei inúmeras vezes, e se for necessário começo novamente.
Vivi e vivo tão intensamente meus sentimentos, E estou sempre no agora, ou é 8 ou 80, e não me preocupo se isso é bom ou ruim, o talvez para mim sempre me pareceu uma desculpa..
Me entrego ao que sinto, ao que quero e ao que tenho, simples assim.
Já perdi muito tempo na espera de algo melhor, agora o meu tempo de espera é para hoje.
Se as pessoas estarão dispostas ou não a aceitarem, faz parte.
Esses dias li:
"Pessoas te amarão pelo que és, mas também te odiarão pelo mesmo motivo"..
Então, não adianta tentar agradar todo mundo, você não convencerá à todos, seja o suficiente para ti mesma.
Assim vou levando..
Tentando ser mais leve, não exigindo tanto de mim, aceitando meus defeitos, rindo de coisas que muitas vezes era para chorar, levando com bom humor e acima de tudo me livrando da culpa por não ser perfeita.
Afinal, minha meta é estar feliz mesmo.
Posso dizer então que sou a Mulher Maravilha.
 A mulher maravilha, que eu mereço ser, posso ser e a que eu quiser ser.

Beijos à todas Super Poderosas.





domingo, 3 de janeiro de 2016

Extravio de Bagagem! Como evitar e o que Fazer!



Não existe nada mais desagradável ou estressante do que saber que sua mala foi extraviada
Para isso separei este artigo que mostra como evitar este transtorno e quais medidas tomar se isso acontecer.
Segue:

Causas mais frequentes do extravio de bagagem:


  • Conexões: numa troca de aeronaves você embarca no próximo voo e sua mala não  é disparada é a ocorrência mais frequente. A chance aumenta se houver pouco tempo de conexão, pois as companhias aéreas fazem de tudo para não atrasar os voos, o que inclui deixar bagagens dos passageiros para trás;
  • Falha: da empresa aérea ou da terceirizada responsável, em alguma fase entre o check-in e a colocação da bagagem na esteira;
  • Perda: A etiqueta se desprende e sua mala fica perdida e sem identificação;
  • Furto: na área interna, externa ou na esteira do aeroporto;
  • Engano: A mala vai para a esteira e outro passageiro pega, achando que é a dele.
Como evitar esses problemas:

  • Evite fazer o check-in muito próximo ao horário do embarque – evite conexões com menos de uma hora (voos domésticos) e 2 horas e 30 minutos (voos internacionais). Também é bom evitar conexões entre diferentes companhias, especialmente aquelas que não fazem parte da mesma aliança ou que não possuem acordo de compartilhamento de voo;
  • Retire todas as etiquetas de voos antigos: confira a pesagem e a etiquetagem de sua bagagem, que deve indicar o seu destino final; pergunte quais os procedimentos que deve seguir para retirá-la (no caso de conexões domésticas nos Estados Unidos, por exemplo, você deve retirá-la na cidade onde fará a imigração para despachá-la ao destino final);
  • Identifique sua mala: Coloque uma tag ou um cartão de visitas com nome, endereço, e-mail e telefone (acessível durante a viagem) legíveis do lado de fora e outro com as mesmas informações dentro da mala (caso a tag seja arrancada);
  • Utilize sempre cadeados (se for para os EUA, utilize modelo aprovado pelo TSA para evitar danos) e fique atento na hora da entrega na esteira; não descuide da mala nas áreas comuns do aeroporto, praça de alimentação ou banheiros;
  • Diferencie sua mala: coloque algum tipo de adesivo, tag, lenço ou identificador específico, para que você e os outros passageiros do voo tenham mais facilidade para identificá-la, especialmente se ela for preta ou muito comum.
Outras dicas importantes:

  • Leve sempre uma muda de roupas limpas e itens de primeira necessidade (remédios, pasta de dente, agasalho etc.) na sua mala de mão;
  • Nunca, sob qualquer hipótese, despache na mala celulares, eletrônicos portáteis, dinheiro e cartões de crédito, joias ou objetos de grande valor. A empresa aérea não se responsabiliza e você coloca seus objetos expostos a quadrilhas especializadas em furto de bagagens;
  • Faça uma inspeção após retirá-la na esteira; guarde com cuidado o comprovante de despacho da bagagem até ter certeza que está tudo certo; tire uma foto da sua mala antes de despachá-la (de dentro e de fora). Isso pode ser determinante na identificação ou servir como prova no caso do extravio.
  • Evite despachar malas muito caras de grifes sofisticadas. Além de chamar a atenção dos bandidos, a empresa área desconsidera o custo da mala numa eventual indenização;
  • Declare e faça seguro de itens valiosos, se for o caso, no momento do check-in (demora e é um serviço cobrado, mas trará total segurança).

O que fazer? Quais os meus direitos?

Por mais precaução e cuidado que você tenha, isso pode acontecer. Siga os passos indicados e conheça os seus direitos:
  • Qualquer problema terá que ser comunicado imediatamente e por escrito à companhia aérea, por meio do RIB – Relatório de Irregularidade de Bagagem, ainda no aeroporto. Após deixar o aeroporto há o limite de 7 dias após o desembarque, mas isso diminui as chances de conseguir uma indenização. Se não conseguir preencher o RIB, utilize o SAC via e-mail para documentar sua reclamação;
  • Caso a empresa não possa entregar sua bagagem de imediato, você deve exigir alguma compensação financeira para comprar itens de primeira necessidade (o valor varia de acordo com a rota e com a empresa, mas algo em torno de US$ 150 em voos para o exterior ou R$ 380 no Brasil). Os recibos serão exigidos; se não conseguir e tiver algum gasto, guarde os comprovantes;
  • Caso sua bagagem seja entregue com atraso superior a 72 horas de seu desembarque, você tem direito a uma compensação financeira maior. No entanto, as empresas têm até 30 dias (isso mesmo, inacreditável!!!) em voos domésticos e 21 dias em voos internacionais para localizar a bagagem antes de oficializar o extravio. Somente após esse prazo elas começam a falar em indenização. Em todos os casos, você tem direito a receber sua bagagem na cidade e no endereço de sua conveniência, caso ela seja encontrada.
  • Quando a mala não é encontrada, as empresas aéreas vão calcular e oferecer uma proposta de indenização de acordo com o peso da mala registrado no check-in. A Convenção de Varsóvia, da qual o Brasil é signatário, estabelece o limite de US$ 20 por quilo de bagagem extraviada em voos internacionais (isso mesmo, muitas vezes não pagará o custo da sua mala). Em voos domésticos o limite é R$ 4.200,00, equivalente a 1.131 DES – Direito de Saque Especial / FMI (Fonte: ANAC). Nesse caso, reclame e tente comprovar os bens e seus valores que constavam na mala extraviada. Se não estiver satisfeito, recorra à justiça;
  • Em caso de furto, além do RIB, faça um boletim de ocorrência na delegacia, mencionando a empresa área, o número do voo e todos os dados possível.
Procure seguir estes cuidados e fique atento aos seus direitos casa ocorro este imprevisto.

Adriani Gonçalves

Fonte Melhores destinos

Bagagens em Aviões! Tire todas as dúvidas antes da viagem.


Sempre há dúvidas em relação ao que se pode levar na Bagagem de avião, tanto ao peso, quantidade, na bagagem de mão, e ao que é proibido, nas viagens nacionais como internacionais.
Neste post vou esclarecer estas dúvidas, assim estará preparado para que sua viagem seja tranquila.



BAGAGEM DESPACHADA
São as malas maiores, que vão no bagageiro do avião. Elas são entregues na hora que você faz o check-in no aeroporto de embarque e são devolvidas ao passageiro na chegada.

VOOS DOMÉSTICOS   

Nos voos dentro do Brasil você pode levar uma mala de até 23kg. Essa regra vale para aviões que tenham pelo menos 31 assentos, ou seja, todos da GOL, TAM, Azul e Avianca.

VOOS INTERNACIONAIS   

Nos voos internacionais, quando a viagem começar no Brasil você terá direito a duas malas de até 32kg. Essa é a regra, mas há várias exceções, principalmente em viagens pela América do Sul.

BAGAGEM DE MÃO

Além da bagagem despachada, o passageiro tem direito a levar consigo uma bolsa, mala ou mochila com pertences pessoais e itens de valor, como dinheiro, aparelhos eletrônicos e remédios.

VOOS DOMÉSTICOS  

Em voos domésticos, a bagagem não pode ser maior que 115 cm (considerando altura + comprimento + largura) e o peso máximo é de 5 kg.

VOOS INTERNACIONAIS  

Em voos internacionais, a bagagem não pode ser maior que 115 cm (considerando altura + comprimento + largura) e o peso máximo varia. O mais importante é observar o volume.

Exterior

Nos voos dentro do Brasil, as companhias seguem todas as mesmas regras. 
Já nos voos para o exterior, há diferenças nos limites permitidos pelas empresas. 
A seguir as regras adotadas pelas companhias que possuem mais voos internacionais saindo do Brasil, lembrando que os limites são específicos para viagens que se iniciem em nosso país.




BAGAGEM DE MÃO
115cm + um item pessoal (bolsa/notebook) que somados não passem de 12kg
BAGAGEM DESPACHADA
2 x 32kg


BAGAGEM DE MÃO
115cm + um item pessoal (bolsa/notebook) que somados não passem de 12kg
BAGAGEM DESPACHADA
2 x 32kg


BAGAGEM DE MÃO
118cm com até 8kg
BAGAGEM DESPACHADA
2 x 32kg


BAGAGEM DE MÃO
126cm + um item pessoal (bolsa/notebook)
BAGAGEM DESPACHADA
2 x 32kg



BAGAGEM DE MÃO
115cm com até 10kg
BAGAGEM DESPACHADA


Estados Unidos e Canadá 2x32kg 
México e Porto Rico 2x23kg 
Venezuela 2 x 20kg 
Demais países: duas malas que somadas não passem de 32kg


BAGAGEM DE MÃO
115cm com até 8kg + um item pessoal (bolsa/notebook)
BAGAGEM DESPACHADA


Estados Unidos: 2 x 32kg 
México, Canadá, Austrália e Nova Zelândia: 2 x 23kg 
Ilha de páscoa: 2 x 23kg 
Demais países: duas malas que somadas não passem de 32kg




BAGAGEM DE MÃO
115cm com até 10kg
BAGAGEM DESPACHADA


Estados Unidos, Europa e Austrália: 2 x 32kg 
Argentina, Bolívia, Peru, Paraguai e Uruguai: 20kg 
Colômbia: 30kg 
Demais países: 32kg


BAGAGEM DE MÃO
115cm com até 8kg
BAGAGEM DESPACHADA
2 x 32kg



BAGAGEM DE MÃO
115cm + um item pessoal (bolsa/notebook) de até 91cm
BAGAGEM DESPACHADA
2 x 32kg


BAGAGEM DE MÃO
114cm + um item pessoal (bolsa/notebook)
BAGAGEM DESPACHADA
2 x 32kg


BAGAGEM DE MÃO
113cm + um item pessoal (bolsa/notebook) de até 90cm
BAGAGEM DESPACHADA
2 x 32kg


BAGAGEM DE MÃO
118cm com até 10kg + um item pessoal (bolsa/notebook)
BAGAGEM DESPACHADA
2 x 32kg

VOOS INTERNACIONAIS
A Azul começará fazer voos internacionais em dezembro de 2014 e apenas para os Estados Unidos. Ainda não foram divulgadas informações sobre as bagagens.


BAGAGEM DE MÃO
114cm + um item pessoal (bolsa/notebook)
BAGAGEM DESPACHADA
2 x 32kg


BAGAGEM DE MÃO
115cm com até 5kg
BAGAGEM DESPACHADA


América do Sul: 23kg 
Estados Unidos: 2 x 32kg 
América Central e Caribe 1 x 23kg




BAGAGEM DE MÃO
115cm com até 5kg + um item pessoal (bolsa/notebook)
BAGAGEM DESPACHADA


Estados Unidos e Europa: 2x32kg 
Peru: 40kg 
Bolívia: 30kg 
Demais destinos: 23kg




Quantas malas você levar em voo internacional

Depende do destino. Nos voos para a América do Sul é permitido uma mala de 20 kg. Para outros destinos, como Estados Unidos e Europa, são permitidas duas malas com até 32 kg cada. 
Para saber ao certo, confira junto à companhia aérea.

Quantas malas você levar em voo nacional

A bagagem em voos nacionais depende do tamanho do avião. Nas aeronaves com mais de 31 assentos, cada passageiro (adulto ou criança) tem direito a 23 Kg de bagagem (franquia de bagagem) de acordo com a legislação brasileira. Pode-se despachar mais de um volume (mala, mochila, pacote, etc.) , desde que o peso total não exceda esse limite. Caso o peso ultrapasse a franquia, o transporte de sua bagagem ficará sujeito à aprovação da empresa e a cobrança de taxa por excesso de peso.


O que pode levar na bagagem de mão no avião

Na bagagem de mão em Voo Nacional você deve levar dinheiro, cartões, documentos, aparelhos eletrônicos, máquina fotográfica e demais itens de valor. 
Nos voos nacionais é permitido levar alimentos e bebidas. 
Na bagagem de mão em Voos Internacionais há restrições a bebidas e aerossóis, que devem ser embalados em frascos de 100 ml.

Por motivo de segurança, na bagagem de mão em voos nacionais não podem ser levados arma (ou réplica) de qualquer tipo; objetos pontiagudos, cortantes ou de ponta arredondada que possam ser usados para causar ferimentos (alicates de unha, por exemplo); substâncias explosivas ou inflamáveis (ex. isqueiros), químicas ou tóxicas. 
Essa é a norma brasileira, na bagagem de mão internacional outros itens são proibidos na sua bagagem.

O que não  pode levar na bagagem de mão em voo internacional

Na bagagem de mão internacional, além dos itens citados acima, existe restrições para levar líquidos de toda natureza na mala de mão, inclusive gel, pasta, creme, aerossol e similares. Eles só podem ser conduzidos da seguinte forma:
• Em frascos com capacidade de até 100 ml e colocados em embalagem plástica transparente, vedada, com capacidade máxima de 1 litro, não excedendo as dimensões de 20 x 20 cm;
• Líquidos em frascos acima de 100 ml não podem ser transportados, mesmo se o frasco não estiver cheio. Atenção! A fiscalização costuma ser rígida e você poderá perder o frasco.
• Os frascos devem ser adequadamente acondicionados (com folga) dentro da embalagem plástica transparente, completamente vedada;
• A embalagem plástica deve ser apresentada na inspeção de embarque de passageiros no voo internacional, sendo permitida somente uma embalagem plástica por passageiro.

Comida

É permitido levar comida no avião, de preferência na bagagem de mão. 
Mas nos voos internacionais preste atenção às restrições do país de chegada.
Lembre-se que o avião é todo fechado e não há nenhuma ventilação e evite alimentos que tenham cheiro forte ou que possam causar indisposição e estragar.
Ficam estas dicas em relação ao peso, quantidade, tamanho, em viagens nacionais e internacionais.
Não esqueçam de conferir as regras junto a companhia der viagem.

Adriani Gonçalves

Fonte Imagem Pinterst

Fonte artigo Melhores Destinos

sábado, 2 de janeiro de 2016

Apenas Possibilidades e Oportunidades para 2016!!


imagem divulgação

Fiquei pensando, qual seria meu primeiro post de 2016..
Então, acho o mais adequado falar das possibilidades que 2016 reserva, tanto para mim, quanto para ti.
Essa é a vantagem de começar um novo ano..
Tu abre a mente para novos recomeços, novos desafios, novas expectativas, novos planos, e também mudar os planos. Deixar para trás tudo aquilo que não fez,  o que te fez mal, o que não deu certo, não que fosse possível apagar o passado, é que não dá mais tempo mesmo de viver nele.
Então, acerte as contas com o seu passado e seguir em frente é a decisão mais certa a fazer.
Não é fácil, mas também esta é a possibilidade do recomeço. Aceita que é mais fácil, fique leve, existe tanta coisa à fazer, a lista é infinita.
Faça o seguinte:
Pegue uma folha, nela escreva Possibilidades para 2016 , liste todas as possibilidades que almeja, não faça promessas, possibilidades mesmo, independente da simplicidade da possibilidade, liste igual. Feito esta lista, deixe em algum local que possa visualizar, pelo menos uma vez ao dia, lendo diariamente sua mente fixará, acredite nelas e então vá buscar as Oportunidades, foca nas possibilidades e você enxergará as oportunidades.
Foco é o fator determinante para conseguir qualquer coisa, porque se tu não for objetivo nisso está fadado a fracassar, então tem que ter disciplina mesmo, crie o hábito de cumprir o que realmente importa para ti.
Se for um pouco organizado divida esta lista em :
Possibilidades Pessoais : que podem ser, estudar, fazer um curso novo, comprar um bem,viajar, etc.,
Possibilidades Profissionais: abrir seu negócio, aumentar sua empresa, trocar de emprego, etc.

O ideal é determinar um tempo para cumprir, curto, médio ou longo prazo, nós precisamos de precisão para fazer algo.

Na minha lista tem até o que quero comprar para mim, minha casa, minha empresa.


Só para finalizar vamos prometer menos e buscar mais, não precisamos perder tempo, a vida está aí repleta de possibilidades e oportunidades,
Agarre as suas!

2016 te pertence..

Beijos 
Adriani Gonçalves


quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

A maior fobia do seu PET " Fogos de Artifícios e Trovões" Dicas para aliviar este momento!

imagem divulgação


Aqui em casa eu tenho duas Pet a Angel e a Pipoca.
A Angel não tem reação alguma a trovoes ou fogos, mas a Pipoca, sofre muito, fica transtornada, entra em pânico.
ultimamente, quando temos fogos, trovões, colocamos ela na área de serviço bem escondida, é a única maneira de amenizar o e stress dela.
Mas, pesquisei algumas dicas e quem sabe possam ajudar vocês com seus pets, vou testar algumas.
Confere:



  • Procure um vídeo com o som de fogos de artifício
Coloque esse vídeo de forma que o seu cão possa ouvir, mas em volume baixo, algumas vezes no dia.

Durante a exibição do vídeo, deixe perto do cachorro algo que ele goste muito, como um brinquedo, o biscoitinho preferido dele ou faça um carinho nele. Assim o cão começa a associar os fogos com algo positivo, ao longo dos dias de treino. Isso ajuda a diminuir o medo.

Quando perceber que o seu cão já se acostumou com o barulho do vídeo em baixo volume, comece a aumentar gradualmente o som, sem deixar de associar a algo que o cachorro goste. Assim, ele continua associando o som dos rojões a alguma coisa boa e continua perdendo o medo, com a continuidade dos exercícios.

Se, durante os exercícios, o cachorro demonstrar medo, correr ou se esconder, diminua o volume até que ele fique confortável. Não brigue com ele, mas também não pare de fazer os exercícios. É com muita paciência e treino que o seu cão vai aprender a não ter mais medo dos fogos de artifício.

Repita esse exercício quantas vezes você julgar necessário, até que seu cão consiga ouvir o barulho dos fogos bem alto sem sentir medo. Pode ser uma tarefa repetitiva, mas vai melhorar muito a vida do seu cão, que perde o medo e fica bem mais tranquilo.
Festeje quando ouvir o barulho de trovão ou fogos

  • Escolha um lugar onde o cachorro se sinta seguro
Coloque o cão em um canto da casa onde o som fique abafado.
Procure deixá-lo longe das janelas.
Cuidado apenas para não trancá-lo em seu quarto e esquecer objetos que possam machucá-lo ou que ele possa estragar. Prepare o ambiente antes de colocá-lo ali.
Para completar, faça com que ele fique bastante fatigado durante umas horas antes dos rojões, pois, assim, ele ficará relaxado e poderá até cochilar no seu quarto enquanto os rojões fazem barulho lá fora.
  •  Não pegue o cão no colo se ele ficar com medo dos sons
Pegá-lo no colo não vai ajudar a tirar o medo.

Se o trovão e os fogos de artifício não são coisas ruins e você quer que ele perca o medo, não adianta pegá-lo no colo quando ele se sentir acuado com o barulho, pois esta atitude mostra que o está protegendo de algo que não é bom e só está consentindo, de alguma forma, que ele deve ter razão em ficar amedrontado.

É difícil não fazer mimos e “socorrer” o seu cachorro quando ele está assustado, mas terá que fazer o esforço de deixá-lo quieto se a intenção for tirar o medo dele.
5. Ligue a TV para abafar os sons
Abafar um pouco o som dos fogos é uma boa opção.

Se souber que o dia será de muita festa e fogos como, por exemplo, no Ano Novo, deixe a TV ligada em músicas mais calmas e com volume razoável para que os sons da televisão abafem um pouco o som dos rojões.

Assim, aquele barulho que parece estridente demais para os ouvidos caninos, fica mais suave ao som de músicas.


  • Fechar portões, portas e janelas 
Para evitar que o animal fuja, caso se assuste, é a primeira coisa que deve fazer, visto que em dias de muita festa, o seu animal fugir pode causar muitos problemas.

Em casos que o animal não consegue se adaptar de maneira alguma ou possui um comportamento muito exaltado (é normal ter medo e se esconder, mas não é natural querer agredir a todos ou apresentar outros tipos de sintomas ruins), leve-o ao veterinário para que seja analisado e possa ser realizado o tratamento adequado para livrar-se do medo desses sons.


  •  Tratamentos homeopáticos 
Para casos extremos de medos de animais a sons, mas devem ser indicados somente por especialistas.

  • Medicação

Se o animal tem idade avançada, é naturalmente estressado ou o criador precisa de resultado a curto prazo, uma opção é a medicação supervisionada por veterinário. 
No mercado existem calmantes fitoterápicos, sem contraindicação, e anestésicos controlados.

Adriani Gonçalves

Fonte Agenda PET

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

10 Dicas para quem vai levar seu PET na viagem!





1º. Não dê alimentos ao animal quatro horas antes do percurso. Para água, a regra deve ser de uma hora antes. Em caso dos felinos, o jejum é de duas horas antes do percurso.

2º. Depois de rodar por uma hora, pare o automóvel e desça com o cão para possíveis necessidades fisiológicas. Um pouco de água é necessária para hidratação. Quanto maior o porte do animal, mais curtas devem ser as paradas.

3º. Leve acessórios do animal como ossinhos, brinquedos e outros itens, para que ele se sinta em casa.

4º. É obrigatório levar a carteira de vacinação e um atestado de trânsito emitido por médico veterinário particular (chamada guia de trânsito).

5º. Nunca dê comida durante a viagem: isso causa enjôo e altera o sistema digestivo.

6º. Rode com seu animal antes da viagem em distâncias curtas para que ele se acostume com o movimento do automóvel.

7º. O ar-condicionado deve ficar em uma temperatura próxima da externa.

8º. Não levar o animal solto nem com a cabeça para fora. Uma distração que o motorista tenha com o movimento do bicho pode ser fatal.

9º. Existem no mercado de pet shop calmantes naturais. Informe-se sobre o melhor com o seu veterinário, se isso for necessário.

10º. Outro produto que pode facilitar a sua vida são as fraldas veterinárias, que podem evitar um desastre na viagem.

Adriani Gonçalves

Lista . Org

domingo, 27 de dezembro de 2015

Produtos que Não vão a geladeira.. e Você coloca!

imagem pinterest
Temos o hábito de colocar vários alimentos na geladeira, mas nem tudo deve ir, pois, as temperaturas altas, fazem com que o alimento, perca suas propriedade, se deteriore mais rápido.
Então, segue abaixo alguns alimentos que não devem ir a geladeira e talvez você coloque:



Tomates
É um dos alimentos que mais vai parar na geladeira incorretamente. A refrigeração faz com que esta fruta se deteriore mais rapidamente e perca o sabor natural. Tomates devem ser colocados na fruteira com a cabeça para baixo.

Cebola
As cebolas precisam de ventilação. O interior úmido da geladeira faz com que estraguem rapidamente, então é melhor mantê-las na despensa. E outro detalhe importante: deixe-as longe das batatas, caso contrário elas irão apodrecer mais rapidamente.

Alho
O alho também precisa de ventilação. Além do quê, a geladeira pode tirar um pouco do sabor e causar mofo. Guarde-o solto, em ar fresco, e o alho vai durar dois meses tranquilamente. Quando estiver picado, pode ir para a geladeira, mas coma-o assim que possível.

Batatas
Comuns, doces ou similares, batatas não devem ser colocadas na geladeira porque o amido se transforma em açúcar e muda não só o sabor, mas a cor e a textura. Um local fresco, arejado e escuro é ideal, como um saco de papel aberto dentro da despensa.

Pimenta
Aberto ou fechado, o vidrinho de pimenta em conserva tem que ficar fora do refrigerador. É um alimento que dura até três anos, porque possui ingredientes que o conservam, como vinagre e azeite.

Café
O café em pó deve ser colocado em recipientes hermeticamente fechados dentro da despensa. A geladeira cria condensação, que afeta o sabor. O coador de café, sim, pode ser colocado no refrigerador, como muitos costumam fazer.

Pão
Coma-o na hora ou em até quatro dias, mas não guardado na geladeira, porque a refrigeração o resseca mais rapidamente. O refrigerador não pode ser usado, mas o congelador, para preservar aqueles pães que não serão comidos em quatro dias.

Mel
Colocar o mel na geladeira vai engrossá-lo e cristalizá-lo. É um alimento totalmente natural que praticamente não estraga.

Melões e melancias
Pesquisas recentes descobriram que deixar essas frutas em temperatura ambiente ajuda a manter antioxidantes intactos. Depois de cortadas, vão para a geladeira por até quatro dias.

Óleo
É improvável, mas é melhor avisar: óleos ficam espessos e turvos quando armazenados no refrigerador. Os únicos que vão dentro dele são os óleos de nozes e amêndoas.

Manjericão
Baixas temperaturas não são recomendadas. O manjericão deve ser lavado, seco, seus caules cortados em diagonais e mantido em um copo com água coberto com um saquinho.

Aproveite as dicas!

Adriani Gonçalves

O jeito certo de ingerir açúcar sem culpa!



Um dos maiores vilões de qualquer dieta ou vida saudável é o Açúcar, mas para quem não consegue deixar de usar, existe alternativas que usadas com moderação não afetam sua saúde nem sua dieta.
Estudos comprovam que o Açúcar é tão viciante quanto uma droga, porque tem o poder de nunca deixar você saciado.
E o Açúcar refinado é com certeza o pior, pois ele passa por processos químicos de branqueamento, eliminando assim seus nutrientes, então o melhor é investir em açúcares em formas brutas, como , Açúcar mascavo,possui maiores quantidades de vitaminas, fibras, proteínas, cálcio, fósforo, ferro e potássio, nutrientes.

O Ágave é outra alternativa natural e mais saudável que o açúcar branco. O alimento, extraído do néctar de um cacto, passa por filtragem que gera um adoçante orgânico. O xarope de ágave tem menor índice glicêmico, ou seja, se transforma em glicose mais lentamente evitando picos de insulina e possui ainda potencial adoçante maior do que o açúcar comum, com menor valor calórico.

O Adoçante, sempre envolvido em polêmicas sobre seus supostos malefícios para a saúde, também funcionam como alternativa para substituir o açúcar refinado. Ainda não existem estudos que indiquem efeitos colaterais nocivos do produto, que ajuda a adoçar o café e outras bebidas.

Procure ir substituindo aos poucos o açúcar refinado por Mascavo, Ágave ou Adoçante, é um hábito que depois você não sentirá no paladar, mas surtirá  efeito em sua saúde ou na dieta.

Fica dica!

Adriani Gonçalves

Fonte OMS

Pesquisar este blog