segunda-feira, 20 de abril de 2015

Gerenciando seu Tempo!



Vamos partir do princípio que temos 24 horas de um dia e dividi-lo em dois grupos "Pessoal" e "Profissional", independente da ordem.
No Pessoal temos que subdividi- los em : ser mãe/pai, ser marido/mulher, casa, compras, projetos pessoais, estudo e lazer.
No Profissional irá depender de qual grupo se encontra em : gestor, empregado, empreendedor, dentro de cada categoria subdividi-los em: gerenciar equipes, prospectar clientes, marketing, operacional, redes sociais, projetos, especializações, administração, financeiro, lidar com a concorrência, compras, etc.

Então pergunto: Dá tempo? Dá para ser eficiente? Dá para ser multitarefa?
A maioria vai responder  um sonoro " NÃO".
E é verdade, a probabilidade de falhar em algum momento é de 90%, a chance de adoecer é grande, estão aí as doenças emocionais. 
Mas como existem pessoas que conseguem lidar com tantas coisas e gerenciam seu tempo com mais tranquilidade?

"ORGANIZAÇÃO"

Ser organizado é o primeiro passo, para lidar com tantas atividades diárias. Mesmo você não querendo regras a ordem é se organizar. Planejar seu dia, suas tarefas é essencial, estar no controle do seu tempo vai fazer toda a diferença no final do seu dia. Você até vai estar cansado, mas com certeza não terá tantas pendências.
Algumas dicas:

Planejamento: 

  • Faça uma lista com suas prioridades, divida esta lista em Pessoal e Profissional.
  • Comece aos poucos, inicie por cada dia da semana, depois semanalmente, mensalmente.
  • Priorize entre Importante, Urgente e Circunstancial (Tríade do Tempo).
  • Evite distrações, estabeleça momentos para tais.
  • Esteja com seu ambiente organizado, tanto casa quanto empresa ( mesa de trabalho), para não perder tempo procurando algo.
  • Tenha um método de anotação: agenda, telefone, aplicativos, post it, etc., anote, confiar na memória não sempre o mais seguro.
  • Aproveite a internet, para compras, pagamentos, são aliados neste momento e evita-se muito a perda de tempo entre deslocamento, filas, etc.
  • Descanse, crie intervalos pequenos, mas revigorantes.
  • E por último, mas considero o mais importante, "Comece devagar, mas não desista", nosso cérebro precisa de 21 dias para se adaptar ao novo.
Adriani Gonçalves

Pesquisar este blog