segunda-feira, 28 de outubro de 2013

COMO DEIXAR SEUS PRATOS PREFERIDOS MAIS SAUDÁVEIS!!

Duplas preferidas

Um sonho: comer tudo o que amamos sem engordar, incluindo aquelas combinações maravilhosas que um dia algum gênio culinário inventou, mas que normalmente são repletas de calorias: filé com fritas, frango com farofa, pizza com guaraná... Pensando nesse dilema culinário, fomos atrás de descobrir como manter a linha sem deixar de saborear nossas duplas favoritas. E não é que o sonho é possível? Alterando o modo de preparo e alguns ingredientes, receitas engordativas ficam magrinhas, magrinhas. 
Confira as dicas:


Filé com fritas

Antes: 650 kcal // Depois: 350 kcal

Por que engorda?
A carne vermelha e as fritas têm muita gordura.

Emagreça
Escolha um corte magro e prepare-o na grelha. Já as batatas, que podem ser aquelas congeladas do tipo palito, devem ser assadas no forno.

Por que funciona?
A nova forma de preparo reduzirá a quantidade de gordura pela metade.

Resultado
1 filé grelhado (do tamanho da palma da mão) + 100 g de batata palito assada no forno 



Cheeseburger com milk-shake

Antes: 700 kcal // Depois: 450 kcal

Por que engorda?
A dupla tem grande quantidade de gordura e açúcar.

Emagreça
Bata o milk-shake com leite desnatado, chocolate em pó sem açúcar e sorvete de iogurte. O cheeseburger pode ser feito com carne magra grelhada, mussarela light e pão integral.

Por que funciona?
Além da redução de calorias, o novo preparo aumenta a quantidade de fibras da dupla.

Resultado
Cheeseburger com salada + 1 copo de 200 ml de milk-shake

 

Arroz com feijão

Antes: 375 kcal (100 g) // Depois: 250 kcal

Por que engorda?
Se o feijão for cozido com bacon, linguiça e paio, fica calórico demais. Arroz tem muito carboidrato.

Emagreça
Prefira arroz integral para aumentar as fibras e a vitamina B6 na alimentação. Tempere o feijão com louro, mas sem bacon, costela ou linguiça.

Por que funciona?
O aumento da quantidade de fibras garante a sensação de estômago cheio por mais tempo.

Resultado
3 colheres (sopa) de arroz + 1 concha de feijão com caldo 




Pizza com refrigerante

Antes: 450 kcal // Depois: 260 kcal

Por que engorda?
O queijo da pizza é bem oleoso e o refrigerante comum, cheio de açúcar.

Emagreça
Escolha uma pizza de massa fina e com coberturas mais magras, como rúcula, atum, mussarela light ou de búfala. Prefira refrigerantes sem açúcar.

Por que funciona?
Haverá redução significativa de calorias.

Resultado 1 fatia fina de pizza de mussarela de búfala com atum ou de pizza de escarola + 1 copo de refrigerante zero.



Café com pão de queijo

Antes: 140 kcal // Depois: 70 kcal

Por que engorda?
Se consumido em excesso, o pão de queijo vira o vilão da dieta, pois é rico em gordura.

Emagreça
Prefira café puro ou com adoçante. Já o pão de queijo deve ser pequeno e feito com queijo de baixo teor de gordura, como o branco.

Por que funciona?
Essas dicas diminuem as calorias da dupla.

Resultado
1 xícara pequena de café + 1 pão de queijo pequeno (ou 2 unidades de minipão de queijo) 



Frango com farofa

Antes: 450 kcal // Depois: 350 kcal

Por que engorda?
Na maioria das vezes, a farofa é preparada com manteiga e embutidos, que elevam a quantidade de gordura do prato.

Emagreça
Refogue a farofa com azeite, adicionando vegetais ralados. Evite bacon e linguiças. Prefira frango assado.

Por que funciona?
Os legumes na farofa reduzem a quantidade de farinha, diminuindo o total de calorias.

Resultado
150 g de frango + 1 colher (sopa) de farofa 




 

Pão com manteiga

Antes: 220 kcal // Depois: 120 kcal

Por que engorda?
O pão é rico em carboidrato e a manteiga, em gordura.

Emagreça
Prefira pão integral ou light. Se escolher o francês, retire o miolo. Use pouca manteiga ou substitua-a por um azeite de oliva extravirgem.

Por que funciona?
O pão integral contém fibras, que ajudam a diminuir a absorção de gordura da manteiga.

Resultado
½ pão francês sem miolo (ou 1 fatia de pão integral ou light) com 1 ponta de faca de manteiga.


Adriani Gonçalves 
fonte: Ana Maria Mendonça -Nutricionista
Daniella De Caprio - Edição: MdeMulher

Pesquisar este blog