sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Organizando seu Atêlier!



Nos momentos de folga, dedicar-se aos trabalhos manuais é uma ótima terapia. Seja qual for o seu talento: colagem, pintura, costura ou consertos ele merece um espaço exclusivo e bem organizado.





A estante que ocupa a parede inteira do quarto, tem prateleiras com 
divisórias para organizar todos os itens de papelaria usados pela publicitária 
Andréa Siemsen, que tem como hobby montar e decorar álbuns fotográficos.











Para aproveitar melhor o espaço de 5,50m², a designer de interiores Débora Valente fechou o acesso para a cozinha e manteve apenas a porta para a sala. Embaixo da janela, instalou a bancada para a máquina de costura. Nas prateleiras, caixas e cestas plásticas e de vime ajudam na organização. 




 









As linhas de bordar ficam à mão em uma caixa alta de plástico colorido com alças. As gavetas com divisórias internas de acrílico acomodam os carretéis de linha, miçangas, botões e alicates tornando o trabalho mais eficiente. 












Uma bandeja plástica acomoda os carretéis de linha de todas as cores. Para armazenar os tecidos em um só espaço, a solução foi o armário vertical de MDF com acabamento de laca branca, com portas e prateleiras.













Tecidos, fitas, tesoura, linhas, agulhas... Aqui o material fica todo concentrado na caixinha estampada. Com divisórias em tecido, a peça pode ser fechada e tem alça facilitando seu transporte.














Para o home office de design, a arquiteta Carola Scott Prada, sugeriu para facilitar o dia a dia a construção de um nicho organizador na própria estação de trabalho, que acomodasse sem ocupar espaço as várias fitas da designer.






Consertar, criar, customizar. As ferramentas do empresário Cristian Baumgart podem ser usadas para vários fins dentro de casa. Então, nada mais justo do que reservar para elas um cantinho especial na garagem. Com projeto do arquiteto João Armentano, a pequena área é toda ocupada por um nicho revestido de painéis da madeira.








As gavetas têm divisórias para guardar separadamente as ferramentas. As peças menores ficam em cestas de plástico sobre a bancada de madeira. Ao lado, as placas de metal com prateleiras de encaixe deixam acessíveis as ferramentas mais usadas.









Adriani Gonçalves

 Fonte de Pesquisa ::  Revista Casa e Jardim
Repórter de imagem Viviane Gonçalves | Fotos Pedro Abude

Pesquisar este blog